sexta-feira, 4 de janeiro de 2008

Falujah


Bem, acho que não preciso dizer mais nada, esta é a tal intrometida que apareceu por aqui, recolhida da rua, não podia nem andar, machucada na perna.
Agora acho que pensa que pode mandar na casa. Ainda bem que passa a maior tempo no telhado e só desce de vez em quando. Mas, sempre que desce, me irrita.
Ela me cheira, eu a cheiro também, uma o focinho da outra, mas é só.
Nossos odores não combinam.
Também com este nome: Falujah! Coisa de terrorista.
Aliás, só coloco a foto dela aqui no meu blog para que a possam identificar caso a vejam por aí, em alguma atitude suspeita.
Trata-se de um serviço de utilidade pública.

Nenhum comentário:

Postar um comentário