quinta-feira, 24 de janeiro de 2008

Fritz, o fotógrafo ( Comentário e crítica )

Bem, não quero que pensem que meu entusiamo pelo gato Fritz ( natural, há de se entender) signifique que endosse o procedimento de sua dona. Alguém que se intitula Maciek da Polônia critica a iniciativa com estas palavras: " você não acha que é um bocado cruel sobrecarregar um gato com tal coisa desconfortável? Não pensou a respeito? Como se sentiria se eu pendurasse um objeto do tamanho de uma latinha de cerveja no seu pescoço, apenas para divertimento com total desconsideração de suas necessidades e hábitos? Eu tenho quatro gatos e, na minha opinião pessoal, o que você está fazendo é cruel e irresponsável, um gato não é um brinquedo , ele é um ser sensível"
Obrigado, Sr. Maciek , por pensar por nós e nos defender. Mas temos que admitir que Fritz é uma gracinha e que as fotos que tira são muito boas.

Um comentário:

  1. Olá Sueto,
    dei uma passada no seu blog depois que li uma mensagem o indicando.
    Realmente, a notícia do gato Fritz me deixou impressionada a princípio, pensei que tivessem descoberto uma racionalidade superior à humana nos bichanos, algo dotado de uma sensibilidade singular e aguda, no entanto, me decepcionei um pouco com a realidade... Não sei, mas acho que ainda não perguntaram ao Fritz sobre sua real percepção de mundo e as possibilidades de revelá-las de um modo só seu... Quem sabe um dia sua dona estrapole as fronteiras do racionalmente humano e mostre alguma coisa que seja realmente de autoria do seu gato??...

    ResponderExcluir