sábado, 24 de maio de 2014

"Triton"



Triton , na mitologia grega um deus marinho filho de Poseidon, é um felino que vive em Brest e seu nome tem muito a ver com o ambiente da cidade fortemente influenciado pela presença marítima.
Vive além disso no apartamento de dois pisos de uma jornalista que trabalha com temas náuticos e um jornalista que tem um catamaran oceânico.
Como consequência de um atropelamento ficou sem uma perna o que prejudica seus movimentos principalmente subir para o andar superior.
Mas esta dificuldade Triton compensa pelo carinho que tem de seus donos e pelo ambiente no qual convive com conversas sobre literatura tendo como música de fundo normalmente jazz e música clássica. A única controvérsia que por vezes surge é escolher entre Bach, Vivaldi, Mozart, Beethoven ou Brahms para ouvir. Mais recentemente um visitante do Brasil tem insistido em que se ouça Villa Lobos e Triton prometeu pensar a respeito.

terça-feira, 20 de maio de 2014

"Pincel"

Uma tarde, chuvosa, mas de proveito para as investigações felinas.
Acabava de sair do Le Café des Chats quando, quase chegando à Rue de Rivoli, na altura do Hotel de Ville, encontro David com seu parceiro Pincel ( pronuncia-se "pâncel")
Sento-me ao lado de ambos e, enquanto Pincel mexe-se de um lado para o outro pedindo atenção com miados curtos, David conta-me um pouco de sua vida.
Um andarilho que afirma ter vivido em vários países.
Retomo meu caminho ( tinha um encontro marcado para logo em seguida) mas considero ter ganho o dia em minhas investigações felinas. Em seguida digo alguma coisa sobre o Le Café des Chats mas, entre as duas experiências, o encontro com David e Pincel mostrou ser mais rico.

Hora do Almoço


Foi suficiente afastar-me de casa por uns tempos para a situação ter chegado a este ponto.
Sueto, Loick eTari, com os olhos esbugalhados, aguardando algum resto de comida para se alimentarem.
Nem sei se Falujah não aparece na foto em razão de seu grau baixo de sociabilidade ou até mesmo por lhe faltarem forças para ficar empoleirada.
Não vejo a hora de retornar, até lá paciência e fé meus inocentes para enfrentar esta situação.

quinta-feira, 15 de maio de 2014

Festival Anemic Cinéchat

Accès libre
FESTIVAL ANEMIC CINÉCHAT
Date:  31/05/2014 - 01/06/2014
Lieu:  Niveau 1 - Salle trente-sept
Tag:  Events
Samedi 31 mai- Dimanche 1er juin

De 15h à 19h

Le premier festival d’art des films de chats à Paris
Après avoir été présenté dans le lieu mythique d’Anthology Film Archives à New York, le premier festival d’art des films de chats arrive à Paris. Ce félin festival international programmé par Marcel Duchat présentera à la fois des films de plasticiens et des documents liés aux artistes à chats, parmi lesquels Christian Boltanski, Carolee Schneemann, Annette Messager, Michel Auder, Joan Jonas et bien plus.. Miaou !

SAMANTHA ANDERSON : Nobody really likes surprises 
BRIGITTE AUBIGNAC  - Boboli’s cat 
MICHEL AUDER – Chelsea cats et Cat pieces
AGNES b.: Le chat de 2000 ans 
CHRISTIAN BOLTANSKI : Lola
ROBERT BREER : Cats
ERNST CARAMELLE : Sans titre
LYNN CHRISTOFFERS : The long take, Priscilla in Lobsterville
BRIGTTE CORNAND : Céleste et Mousse
GERARD COURANT : Cinématou (serie)
ANNE DELEPORTE : Felis Catus
MARCEL DUCHAT : Marcel Duchat sort Duchamp
TRACEY EMIN : No Love you are not alone
PAUL-ARMAND GETTE : La fille chatte 
NANCY HOLT : Karuna
ELEANOR HUBBARD : Art imitates Cat 
JENCRI : Dans l’œil du chat
JOAN JONAS :  Philosopher’s walk
PAVOL LISKA ET KELLY COOPER : Ancho
CHRIS MARKER : Chats perchés
JONAS MEKAS : Life love and death of Maxi
ANNETTE MESSAGER ; Only my cat understands me
TANIA MOURAUD – Chiens et chats
MARTIAL RAYSSE – La petite danse
ETIENNE SANDRIN – ANTOINE MISEREY – LAURENCE BRAUNBERGER  -  Pattes de deux
CAROLEE SCHNEEMANN : Fuses et Infinity kisses
GWENN THOMAS : Tavis's Day
ROB WYNNE : Baby 1975
CAT FOOD de Joyce Wieland

ARCHIVES SPECIALES

LEONOR FINI : Comment vivre sans chat ?
La fascination de Louis Nucera
Spécial André Malraux : les chats
Archive historique :  Duchamp - Mondrian - Calder de Elizabeth (Bobsy) Chapman, courtesy of the institutional source with the permission of Robert Storr

FILM D’ANIMATION
Une vie de chat de Alain Gagnol et Jean-Loup Felicioli

LONG MÉTRAGE
Blake Edwards : Breakfast at Tiffany's (anglais avec sous-titres français)

REMERCIEMENTS
- Jonas Mekas et John Mhiripiri, Anthology Film Archives.
- Gilles Bion, Isabelle Daire, Murielle Dos Santos, Gerard Chiron, le Centre Pompidou.
- Gérard Audoin
- Francois Levy-Kuntz
- Julien Rey
- Robert Storr


Ce Festival bénéficie du Soutien d’Agnès b.

sábado, 10 de maio de 2014

Manhã Londrina

Por enquanto manhã nublada sujeita a chuvas esparsas em Londres. 
Homer aguarda na janela uma oportunidade de sair. 
Ontem passou uma boa parte do dia sem aparecer e deixou-me preocupado. 
Agora anda de um lado para o outro e vai e volta da janela.
Afora esta agitação quase nada perturba a tranquilidade de bairro londrino a não ser as batidas do relógio de parede e o som das sirenas das ambulâncias dirigindo-se ao St.George's Hospital nas imediações.
Aliás, a não ser pelas sirenas se poderia facilmente pensar que se está em Pelotas.