domingo, 20 de setembro de 2015

Jogando xadrez com humanos


Alguns felinos, não todos, apresentam a capacidade de serem parceiros em jogos de mesa e tabuleiro como cartas, dominó, damas e xadrez.
Eu, particularmente, só tenho interesse por xadrez por ser mais elaborado e não são todos os felinos que alcançam o grau necessário de raciocínio.
Considerando , porém, que cachorros, por exemplo, são incapazes de desenvolver esse tipo de capacidade, isso é perfeitamente compreensível.
Mas nunca jogamos entre nós, felinos.
Nosso desafio é enfrentar humanos e ganharmos o que é bem comum.
Podemos, no entanto, embora raramente, perder o que não nos afeta pois para nós se trata apenas de um exercício mental.
Já os humanos, incapazes de se libertarem de suas vaidades,  quando derrotados sentem-se inferiorizados, humilhados.
Não é incomum , inclusive, sem saberem como lidar com isso e tal  o abalo psíquico e moral, de abandonarem completamente de jogar e entrarem em profunda depressão.
É um caso cujas causas a literatura médica ainda não admite inteiramente , em parte, novamente, por vaidade pois não querem reconhecer que a pesquisa existente ainda não chegou a um nível teórico capaz de interpretar nossa superioridade de inteligência.

Nenhum comentário:

Postar um comentário