sexta-feira, 1 de março de 2013

Loick no Pacaembu


Respaldados por liminar , quatro torcedores puderam assistir o jogo entre Corinthians e Millonarios realizado no estádio do Pacaembu vazio como consequência da punição da Conmebol após o incidente na Bolívia com a morte de um torcedor do time local.
Os torcedores  entraram com uma liminar baseada no Código de Defesa do Consumidor

Desde o fim da tarde do dia do jogo o policiamento já estava preparado para a chegada dos torcedores. Segundo um dos policiais, o documento chegou em suas mãos por volta das 17 horas e ele garantiu que todos teriam direito a entrar no estádio. "Não podemos cercear uma decisão judicial", avisou, segurando os papéis.
Um dos torcedores afirmou, justificando sua iniciativa, que "vivemos em um País democrático. Os advogados do Corinthians não queriam que a gente entrasse por ser uma ordem da Conmebol. Eu até entendo a posição deles, mas resolvi procurar meu direito em assistir ao jogo", explicou , lembrando que o grupo levou quase uma hora para entrar no Pacaembu.
Considerando que previa-se um estádio cheio, vibrante, com a torcida estremecendo sua estrutura em apoio ao time do Corinthians e a presença de torcedores também do time adversário que viajaram uma longa distância para estarem presentes,  a cena de um jogo disputado dentro de um estádio vazio é, no mínimo, surrealista.
Mas o jogo teve uma presença ilustre.
Sem precisar de liminar lá estava Loick reinando na arquibancada, 
Como chegou lá, não sei.
Quando indaguei a respeito não me respondeu.
Afirma não ser dos Gaviões da Fiel nem torcedor do Corinthians embora tenha o pelo negro e branco. 
Jura ser Xavante, aliás, do contrário, não moraria comigo.
Sua presença no estádio, de qualquer modo, passa a ser um segredo, dou-me conta, que vai levar para o resto da vida.   






Nenhum comentário:

Postar um comentário